Veja o novo carro de R$ 25 mil que a VW vai fazer no Brasil

O BNDES autorizou nesta semana um empréstimo para a Volkswagen do Brasil no valor de R$ 342 milhões. Tanto dinheiro será destinado, entre outros projetos, à produção nacional do Up! (assim mesmo, com exclamação). Ele chega emm 2014 para ficar no lugar do Gol G4 e ser o Volks mais barato do Brasil.

Desenvolvido na Europa, o Up! vai disputar lugar no segmento de subcompactos, que no Brasil é representado pelo Fiat 500 e pelo Smart ForTwo. Porém, nos próximos anos, o mercado verá a chegada de modelos de altíssimo volume. Além do Up!, virão o Fiat 344 (nome de projeto do sucessor do Mille) e a nova geração do Ford Ka

Na Europa, o Up! é oferecido com duas opções de carroceria (duas e quatro portas). Ambas as variações devem ser produzidas por aqui

O teto-solar elétrico também deve equipar o modelo que será fabricado em Taubaté (SP). Além de charmoso, ele é bem útil no Up! quatro portas, mas explicaremos o motivo disso depois…

O porta-malas de vidro, além de trazer um toque de modernidade, dá pistas do projeto, que previa desde o início um carro de baixo custo (é mais barato fazer uma tampa de vidro do que uma similar de aço)

Além de ter o visual simpático, o modelo é barato. Assim como na Europa, o Up! será um carro de entrada, e deve custar a partir de R$ 25 mil no Brasil

O objetivo da Volks é oferecer uma opção de compra para a classe C com um produto que não tenha cara de “carro popular”. Será que eles vão conseguir?

Com jeito de barato ou não, é impossível negar que o Up! é um compacto. Não que isso seja ruim: com 3,54 m de comprimento, ele entra com facilidade em qualquer vaga

E como ocorre com a maioria dos populares no Brasil, o Up! também terá uma versão mais luxuosa (ou menos espartana, dependendo do ponto de vista). Na Europa, essa variante se chama Black, “preto”, em inglês

Se viesse para o Brasil, a versão não seria inédita: o Ford Ka também teve uma série homônima mais luxuosa

O carrinho será o primeiro modelo da marca a estrear uma nova família de motores, a EA211, que irá substituir os atuais 1.0 da VW

Com três cilindros, esse 1.0 tem duas versões de potência: 60 cv e 75 cv

O câmbio pode ser manual ou automático (de verdade, não é automatizado), ambos com cinco marchas

Apesar de curto, o Up! tem entre-eixos de 2,42 m, valor que o aproxima dos hatches nacionais, como Gol e Palio. O número dá pistas de quanto espaço para os passageiros o carro terá

A Volkswagen garante que o Up! dá conta de levar quatro adultos com conforto de sobra, mas..

Pelo menos no Brasil, país acostumado com carros pequenos, a Volkswagen vai precisar se mexer em outra coisa no Up!

Nenhum concessionário nacional vai conseguir justificar a existência de vidros basculantes em um carro de quatro portas. Na Europa, a defesa se baseia no uso do teto-solar, o que teoricamente aumentaria a circulação de ar dentro do carro com esses vidros traseiros abertos

Ou eles podem manter o sistema, que é mais barato do que um vidro convencional, e por tabela tentar emplacar o teto-solar elétrico junto

Mas vamos deixar o vidro traseiro um pouco de lado para falar de algo ainda mais importante: o interior, que, pelo menos no modelo europeu, é de fazer inveja até a carros mais caros

Claro, o painel é composto basicamente por plástico, mas o encaixe das peças e a textura impressionam para um carro tão barato. O quadro de instrumentos é completo e de fácil leitura. Uma lição para a Toyota e seu Etios

E esse é um dos principais méritos do Up!: ser popular, mas não ser feio. Veja os bancos com encosto de cabeça integrado, por exemplo. É barato, mas seu desenho nem de longe lembra dispositivos similares no Brasil, como o do Chevrolet Celta

Quem for atrás também será bem tratado, com cinto de três pontos retrátil. Acredite se quiser, ainda tem muito carro no Brasil com cinto abdominal ou de três pontos com regulagem manual

O câmbio automático foge do padrão por não ter a tradicional posição “P”, de Parking (ou estacionar, em inglês). E será que esse botão ESP, que indica a presença de controle de estabilidade, estará presente no Up! brasileiro?

E o porta-malas? Bem, acredite se quiser, o Up! tem 251 litros de volume no compartimento, superando carros maiores, como o primeiro Ford Ka brasileiro

Como em outros carros, o compartimento pode ser ampliado com o rebatimento dos bancos traseiros. Dessa maneira, o Up! leva 951 litros

O segredo para tanto aproveitamento de espaço está no pequeno motor de três cilindros do Up!. Com o trem de força menor, há mais espaço para passageiros e suas bagagens

E, para os ecologistas, ainda há o e-Up!, uma versão elétrica que dificilmente virá ao Brasil

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment