Tropeços de Tite em mata-matas põem em xeque vaga do Corinthians na Libertadores

O técnico Tite terá na noite desta quarta-feira, às 22h, contra o Emelec no Pacaembu, a chance de passar por cima de um trauma recente: os mata-mata. Desde que chegou ao Corinthians, o treinador disputou três torneios neste estilo de disputa e oito jogos. Não conquistou nenhum título e teve apenas uma vitória. Ano passado, a dramática queda para o Tolima na pré-Libertadores e o vice-campeonato Paulista. Neste ano, a Ponte Preta também no Estadual.

Os únicos sucessos no mata-mata foram sobre Oeste e Palmeiras no Paulista de 2011. Contra o arquirrival alviverde, o triunfo foi apenas nos pênaltis.

Por outro lado, Tite conquistou o Campeonato Brasileiro do ano passado no sistema de pontos corridos e usa este triunfo para tentar mostrar que o time sob seu comando reage bem sob pressão.

“Passamos pelo Palmeiras (em 2011). No Brasileirão não era mata-mata, mas o Vasco estava junto por várias rodadas, se empatássemos, o Vasco passava, era um mata-mata fictício. E essa maturidade o time tem, o jogo contra a Ponte também trouxe. Tivemos chance para marcar até os 47 minutos do segundo tempo”, afirmou o treinador.

Tite já confirmou o time que encara o Emelec nesta quarta-feira com apenas uma mudança em relação à equipe que empatou sem gols no duelo de ida das oitavas de final, no Equador. Alex entra na vaga do suspenso Jorge Henrique. Para seguir na Libertadores, o Corinthians precisa de vitória por qualquer placar. Empate com gols classifica o Emelec e novo 0 a 0 leva a decisão para o pênaltis.

“A ideia é manter a coordenação de movimentos. O Alex no lugar do Jorge (aberto pelos lados) e o Willian na função de atacante”, disse.

Para explicar a opção por manter Liedson no banco, Tite voltou a elogiar a fase de Willian. “A opção não é em detrimento de um, mas sim para premiar o trabalho do outro. O Willian é um dos goleadores do time”, afirmou.

A expectativa é que o Pacaembu esteja lotado e todos no Corinthians contam com o apoio que vem das arquibancadas. “Pedir para o torcedor corintiano apoiar é redundância”, resumiu Tite.

Do outro lado, o Emelec garante que irá atacar o adversário em busca de um gol, que obrigaria o Corinthians a virar a partida. O treinador Marcelo Fleitas não vê favorito no duelo.

Tite também espera o adversário no ataque. “É uma equipe forte, muito madura. A bola não queima no pé e não vai ficar só atrás não”, analisou.

CORINTHIANS X EMELEC

Data: 9/5/2012 (quarta-feira)
Horário: 22h (Brasília)
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo
Transmissão da TV: Globo
Árbitro: Dario Ubriaco (URU)
Assistentes: Miguel A. Nievas (URU) e Marcelo Costa (URU)

CORINTHIANS
Cássio, Edenilson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo; Emerson Sheik, Alex e Willian.
Técnico: Tite

EMELEC
Dreer, Carlos Quiñonez, Achilier, José Quiñonez e Bagui; Valencia, Pedro Quiñonez, Gaibor e Gimenez; Mondaini e Figueroa.

Técnico: Marcelo Fleitas

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment