Trânsito: Em SP, prefeitura passa a multar carro em faixa exclusiva na marginal Tietê

A Prefeitura de São Paulo vai passar a multar a partir desta segunda-feira (24), os motoristas que não respeitarem as faixas exclusivas de ônibus na pista local da marginal Tietê, em ambos os sentidos, entre as pontes das Bandeiras e Aricanduva, implantada na última segunda-feira (17).

Na primeira semana, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) apenas orientou os motoristas na via. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

A faixa opera de segunda à sexta-feira em dois períodos. Pela manhã, das 6h às 9h no sentido rodovia Castello Branco e à tarde, das 17h às 20h, no sentido rodovia Ayrton Senna. Com 12,7 km de extensão, deste total, 5 km estão localizados no sentido centro (Castello Branco) e 7,7 sinalizados no sentido bairro (Ayrton Senna).

Esta é mais uma faixa inserida na operação ‘Dá Licença Para o Ônibus’ com o objetivo de priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores, segundo a SPTrans, empresa que gerencia o transporte público na cidade.

A faixa foi implementada nas avenidas Morvan Dias de Figueiredo e Condessa Elizabeth de Robiano, que constituem a pista local da marginal, respectivamente, nos sentidos Ayrton Senna/Castello Branco e Castello Branco/Ayrton Senna, mantendo-se as outras faixas liberadas para o tráfego geral.

Pela marginal, no trecho entre as pontes das Bandeiras e Aricanduva, circulam 30 linhas de ônibus municipais, sendo 17 linhas no sentido Castello Branco e 13 linhas no sentido Ayrton Senna, transportando 211 mil passageiros por dia, sendo 113 mil no sentido Castello Branco e 98 mil no sentido Ayrton Senna.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment