Temperatura cai dez graus e surpreende paulistanos; sol reaparece no fim de semana

O paulistano foi surpreendido ontem com uma queda abrupta na temperatura. A máxima foi de 21,5°C -dez graus a menos que a do dia anterior, quando a cidade enfrentou calor de 31,3°C.

O frio veio acompanhado de muitas nuvens e chuvisco e foi provocado por ventos úmidos vindos do oceano.

Com a mudança no tempo, melhorou a situação do ar. Segundo a Cetesb (agência ambiental paulista), a qualidade ontem estava boa na maior parte da cidade. Isso porque os chuviscos e os ventos retiraram a poeira que estava na atmosfera. Já as nuvens bloquearam a chegada dos raios solares, impedindo a formação do ozônio, poluente que causa irritação nos olhos e nas vias respiratórias.

Os paulistanos também puderam comemorar uma trégua no tempo seco. A cidade teve umidade relativa do ar média de 80%.

De novo, a garoa de ontem não chegou a ser registrada pelas estações meteorológicas e São Paulo segue acumulando dias sem chuva significativa (mais de 1 mm, ou um litro de água por metro quadrado). Já são 57 dias, marca igual à de 1994 -a quarta maior desde 1961, quando começou a contagem do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A previsão meteorológica não aponta grandes precipitações para os próximos dias.

Segundo Neide Oliveira, meteorologista do Inmet, a frente fria que poderia causar chuvas na semana que vem está estacionada no Sul e deve ficar por lá até o dia 19.

Para hoje, a previsão na capital de São Paulo é de mais chuviscos. No fim de semana, o sol deve reaparecer com força. Para o domingo, a previsão é de máxima em torno de 33°C.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment