Superesportivo Mercedes C63 AMG Black Series já está esgotado

Com 517 cv de potência e 63,2 kgfm de torque, o Mercedes-Benz C63 AMG Black Series é um dos carros mais rápidos que a marca já produziu, e possivelmente um dos mais desejados. De produção limitada, o modelo teve todas as suas 800 unidades vendidas para os diversos mercados da marca alemã ao redor do mundo. Esse número inclui as dez unidades que vieram para o Brasil. A boa notícia, para quem pode, é que por aqui o carro ainda pode ser comprado (mas é melhor correr). A má noticia é o preço: R$ 615 mil (US$ 300 mil). Veja as próximas fotos e saiba mais sobre esse carrão

Construído sobre a plataforma do Classe C, o C63 AMG Black Series teve toda mecânica preparada pela divisão esportiva da Mercedes-Benz. E a cara de mau não é à toa: o esportivo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos, com velocidade máxima acima dos 300 km/h

Nada na carroceria do C63 é supérfluo: além dos enormes escapamentos quádruplos, o modelo conta com um extrator de ar traseiro. Esta (nada) discreta peça preta abaixo do para-choque ajuda a manter o bólido grudado no chão

As saídas de ar do capô revelam: aqui embaixo há um V8 de fazer inveja à maioria dos esportivos. O para-choque redesenhado ajuda o coração do C63 Black Series a respirar melhor

As enormes reentrâncias na carroceria nos para-lamas traseiros e dianteiros ajudam a resfriar os também generosos freios a disco ventilados e perfurados nas quatro rodas

Se não fosse pelo para-choque e escapamento avantajados, o C63 Black Series até poderia ser confundido por algum desavisado com o Classe C180 Coupé vendido no Brasil e equipado com um raquítico 1.8 de 156 cv

Se você não está na lista dos privilegiados que compraram o C63 Black Series no Brasil, não se preocupe. O C63 AMG Sedã e Estate (perua) seguem à venda, mas são mais fracos, com “apenas” 463 cv

A apresentação do C63 Black Series à imprensa e clientes VIPs será no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Afinal, só mesmo em uma pista de corrida para aproveitar de verdade esse esportivo exclusivo

O interior do carro é forrado com couro Alcantara, comum em carros deste nível. O motivo é que esse tipo de tecido não escorrega quando as mãos do piloto ficam suadas com tanta emoção…

Os bancos do C63 Black Series não são elétricos e nem têm airbag lateral embutido, mas são capazes de segurar os dois ocupantes nas curvas mais rápidas como ninguém

A “Série Negra” da AMG marca apenas modelos de produção limitada e preparados ao extremo. Além do C63, os modelos SLK 55, CLK 63 e SL 65 já ganharam a edição especial

Os freios dianteiros têm 39 cm de diâmetro! Para se ter uma ideia, só o freio do C63 AMG Black Series já é maior do que a roda de um compacto 1.0

Tradição da AMG, cada motor feito pela empresa leva no topo uma pequena placa com o nome do engenheiro que o construiu, artesanalmente, do início ao fim

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment