Sapucaia: sobe para 19 o número de mortos por causa das fortes chuvas

Bombeiros fazem limpeza no município; não chove na manhã desta quinta-feira

Por R7,

Subiu para 19 o número de mortos no município de Sapucaia, no médio Paraíba do Estado do Rio de Janeiro, devido às fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias. Segundo o secretário de planejamento e coordenador da Defesa Civil do município, Marco Antônio Teixeira, um corpo foi encontrado nesta quinta-feira (12) na rua dos Barros, onde houve um deslizamento de terra na madrugada da última segunda-feira (9), que soterrou oito casas em Jamapará, distrito de Sapucaia.

De acordo com a Defesa Civil do Estado, 21 pessoas morreram no Rio de Janeiro em decorrência das chuvas desde o início deste ano: 18 após o deslizamento em Jamapará, uma depois do desabamento de uma casa no município, uma em Laje de Muriaé e outra em Miguel Pereira.

Os bombeiros faziam a limpeza nesta quinta-feira. Ainda há pelo menos três pessoas desaparecidas. Não chovia nesta manhã na região.

Na quarta-feira (11), os bombeiros realizaram o resgate dos corpos de cinco pessoas da família que buscou abrigo da chuva em um Fusca, em Jamapará, distrito de Sapucaia.

Pai, mãe (que estaria grávida de três meses), um tio e duas filhas saíram de casa às pressas e decidiram procurar abrigo no carro por considerarem mais seguro. A casa da família resistiu ao deslizamento, mas o Fusca não escapou.

Casas voltam a ser ocupadas em áreas de risco

Veja o antes e o depois de Nova Friburgo um ano depois

Fotos: Chuva deixa parte de município debaixo d’água

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Sapucaia, quase todo o município está em uma área de risco. De acordo com o secretário, cerca de 50 casas já foram interditadas.

Estado em alerta para chuvas

Com apenas 18 mil habitantes, a pequena cidade de Sapucaia foi palco da maior tragédia desde o começo da temporada de chuvas, que já castigou boa parte das cidades do Norte e Noroeste do Estado do Rio. Sete cidades decretaram estado de emergência.

Com as chuvas em Minas, o nível dos rios Muriaé e Paraíba do Sul tem se mantido bem acima do normal. Até esta terça, segundo o último balanço divulgado pela Defesa Civil do Estado, 11 mil pessoas tiveram que sair de casa por causa da chuva em todo o Estado.
Além de Sapucaia, a situação é mais crítica no município de Cardoso Moreira, onde um dique se rompeu na noite de domingo (8). A cidade tem 4.004 pessoas desalojadas e 1.713 desabrigados.

A situação é difícil também em Campos, onde, na última quinta-feira (5), um trecho da BR-356, que liga o município de Campos a Itaperuna, no Norte do Estado, se rompeu com a força do rio Muriaé e inundou a comunidade de Três Vendas, na zona rural do município. As famílias tiveram que sair às pressas de casa, mas, com medo de saques, muitos optaram por se abrigar nas lajes das casas.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by admin

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment