São Paulo tenta evitar síndrome da vantagem desperdiçada

Nas últimas três vezes que venceu por um gol de diferença no jogo de ida dentro de casa, time foi eliminado.

e2dktjoy59f1zf4botzakinfp São Paulo tenta evitar síndrome da vantagem desperdiçada

São Paulo tenta evitar síndrome da vantagem desperdiçada

O São Paulo entrará em campo nesta quinta-feira no estádio da Ressacada podendo jogar por um empate para eliminar o Avaí e avançar às semifinais da Copa do Brasil. Caso faça um gol, poderá até perder por um gol de diferença para se classificar. Mas se depender do histórico recente, esta vantagem não deve animar tanto o time do Morumbi.

Nas últimas ocasiões em que venceu por um gol de diferença o primeiro jogo de um confronto mata-mata jogando a partida de ida dentro de casa, o time sempre acabou se dando mal. A última vez aconteceu nas quartas de final da Copa Libertadores de 2008, contra o Fluminense, em situação idêntica à atual. Depois de vencer por 1 a 0 no Morumbi, o São Paulo acabou eliminado por conta da derrota por 3 a 1 na partida de volta no Maracanã.

Também em 2008, outra eliminação depois de sair na frente aconteceu contra o Palmeiras, pela semifinal do Campeonato Paulista. A diferença foi apenas nos placares. O São Paulo ficou em vantagem depois de vencer o Palmeiras por 2 a 1 no primeiro jogo, no Morumbi. Mas no segundo, que ficou conhecido pelo episódio do gás no vestiário, perdeu por 2 a 0 no Parque Antárctica e ficou fora da final.

Outra situação idêntica à atual aconteceu nas oitavas de final da Libertadores 2007, contra o Grêmio. Vitória por 1 a 0 no Morumbi no jogo de ida e eliminação na partida de volta, com 2 a 0 para o rival gaúcho no jogo do Olímpico. Ou seja, a vantagem é boa, mas cuidados também são necessários.

“Se tratando de Copa do Brasil a vantagem é boa sim. É um jogo perigoso pra gente, mas mais pro Avaí. Se o São Paulo sair na frente lá, dificilmente vamos perder essa classificação. Então a preocupação é maior para eles. Eles vão ter que vir para cima, mas também vão ter que ter cuidado pelos jogadores rápidos que o São Paulo tem”, afirmou nesta terça-feira o zagueiro Alex Silva.

Loading...
Related Video

Tags:

 

About the author

More posts by admin

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment