Samsung Galaxy S 4 tem comando por gestos e tela de 5 polegadas; smartphone chega em abril

Sem grandes mudanças físicas em relação ao modelo anterior e com novos recursos como a operação por meio de gestos no ar, sem precisar tocar a tela, o Galaxy S4, smartphone de topo de linha da Samsung, foi lançado nesta quinta-feira (14) em Nova York.

O aparelho será vendido a partir do final de abril em 327 operadoras de 155 países, segundo a Samsung. Ainda não há informações sobre o lançamento no Brasil.

Apesar de ter uma tela maior do que a do antecessor –de cinco polegadas, ante 4,8 polegadas do S 3–, o S 4 tem praticamente as mesmas dimensões do modelo anterior, graças às bordas mais finas.

Aumentaram também a resolução dela, que passou de 720 x 1.280 pixels para Full HD (1.080 x 1.920 pixels), e a da câmera, de 8 Mpixels para 13 Mpixels.

O aparelho permite filmar simultaneamente com a câmera traseira e a frontal, de 2 Mpixels, por meio de um recurso chamado Dual Camera.

É possível navegar em um álbum de fotos sem tocar o aparelho, apenas movimentando a mão em frente ao visor, por meio do recurso intitulado Air View.

Em outra função, quando o usuário está assistindo a um vídeo e para de olhar para a tela, o Galaxy pausa a reprodução automaticamente e a retoma quando percebe que o dono do celular está olhando para ela novamente.

Outra novidade é o S Translator, tradutor ativado por voz que pode ser usado para conversas entre pessoas de idiomas diferentes. Português do Brasil é uma das línguas suportadas.

Também baseado em comando de voz, o S Voice Drive lê mensagens de texto em voz alta e permite atender a ligações sem tocar o aparelho quando o usuário está dirigindo.

Assim como aconteceu com o iPhone 5, principal concorrente do aparelho da Samsung, a grande maioria das novidades vazou antes do lançamento oficial.

Às vésperas do lançamento do Galaxy S 4, o vice-presidente sênior de marketing da Apple, Phil Schiller, deu duas entrevistas –um expediente raro– ao “Wall Street Journal” e à Reuters, criticando o Android e a Samsung.

“Muitas vezes os aparelhos com Android são dados como um substituto gratuito para um celular e simples, e a experiência não é tão boa quanto a do iPhone”, afirmou Schiller ao “Wall Street Journal”.

Citando rumores, o executivo da Apple disse à Reuters que o S 4 viria com uma versão de um ano de idade do Android –na verdade, o aparelho da Samsung roda a versão 4.2.2 do sistema do Google, lançada em fevereiro deste ano.

A linha Galaxy S é o carro-chefe da Samsung, que atingiu 30,3% do mercado de smartphones em 2012, ante 19,1% da Apple. Em 2011, a participação da empresa coreana no mercado era de 19%, ante 18,8% da fabricante do iPhone.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment