Ronaldo leva discurso de publicidade a evento oficial e pede trégua para críticas à Copa

Nas últimas semanas Ronaldo tem estrelado uma propaganda na televisão em que uma grande fabricante de cerveja, patrocinadora oficial da Copa, pede para o brasileiro relaxar na preocupação sobre os preparativos do Mundial e curtir a festa de 2014. Nesta semana, o ex-jogador atua em sua versão de executivo do Comitê Organizador Local, mas mantém a linha de discurso contra os focos nacionais de pessimismo.

Ronaldo abriu a agenda de eventos da Copa das Confederações em São Paulo na última quarta-feira, com visita oficial da Fifa ao estádio de Itaquera pela manhã e com reunião do COL, à tarde.

Em entrevista coletiva no final do dia de atividades, ao lado do secretário-geral da federação internacional, Jérôme Valcke, o Ronaldo versão executivo do Mundial disse que o momento pede uma nova atitude do povo brasileiro, menos crítica e mais colaborativa.

“A Copa vai acontecer, os estádios vão estar lá prontos, e lindos. E, portanto, está na hora de mudar o foco da conversa. Um exemplo é o que aconteceu hoje no trem. Não estava cheio. Tinha a imprensa empurrando, colocando a câmera na nossa cara, fazendo confusão. Não precisava, tinha espaço, um vagão inteiro reservado. A gente tem que se preocupar agora em como receber os turistas, como receber a imprensa estrangeira, e não falar mais dos estádios”, afirmou Ronaldo, membro do conselho administrativo do COL.

Na campanha da Brahma na televisão, a patrocinadora da Copa rebate o recente bordão popular atrelado ao evento (“imagina na Copa“), em referência às dificuldades cotidianas das cidades-sede, bem como a projeção de agruras no trabalho de preparação. A publicidade usa a imagem de seu garoto-propaganda Ronaldo e atribui o temor sobre estrutura do país a “pessimistas”.

Ao assumir o cargo no comitê da Copa no final de 2011, Ronaldo descartou qualquer tipo de conflito de interesses por representar simultaneamente a organização do evento e empresas ligadas a torneio.

Espécie de teste de estrutura e operações para o Mundial, a Copa das Confederações 2013 acontecerá em seis das 12 sedes do Mundial 2014, em Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.  Os estádios mineiro e cearense encontram-se em estágio mais avançado de obras. Por sua vez, o cronograma de baianos e pernambucanos preocupa a Fifa.

O sorteio dos grupos da Copa das Confederações acontece no sábado, em São Paulo. A Fifa já adiantou que o Brasil estará na mesma chave da Itália, em razão da regra que impede duas seleções da região duelando na primeira fase. Assim, Espanha e Uruguai estarão do lado contrário.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment