Preço dos alimentos pressiona inflação em julho

A alta do preço dos alimentos pressionou a inflação em julho. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou em 0,43% no mês, após alta de 0,08% em junho, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (8).

Com alta de 50,33%, o tomate foi o alimento que mais subiu em julho. A elevação nos preços ocorre devido as chuvas atípicas para a estação, que atingiram lavouras e prejudicaram a produção. No Rio de Janeiro, o preço do tomate quase dobrou de um mês para o outro, atingindo variação de 94,18%. O segundo maior aumento do tomate foi em Porto Alegre (alta de 83,32%). Em São Paulo, a elevação foi de 34,18%.

No acumulado em 12 meses, o índice acelerou para 5,20%. O resultado inverteu o movimento de desaceleração que vinha sendo observado desde setembro de 2011, quando o índice passou de 7,31% para 6,97% em outubro, mas ainda fica dentro da meta oficial do governo (de 4,5% pelo IPCA), com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

O fenômeno de alta no preço dos alimentos não afeta apenas o Brasil. A seca que atinge os Estados Unidos, que afetou a cotação de commodities como soja e trigo, tem causado esse aumento na maioria dos países.

Nesta semana, o mercado aumentou pela quarta vez seguida a perspectiva de inflação para 5%em 2012, segundo o Boletim Focus.

Mesmo com a recente pressão nos preços, o mercado continua apostando em mais reduções na taxa básica da juros (Selic) –hoje na mínima histórica de 8% ao ano– para ajudar a ainda cambaleante economia brasileira. Desde agosto passado, o Banco Central já reduziu a taxa básica de juros do país oito vezes seguidas. O mercado espera por mais dois cortes até o final do ano: um de 0,50 ponto percentual em agosto e outro de 0,25 ponto em outubro.

IPCA

Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi criado com o objetivo de oferecer a variação dos preços no comércio para o público final, mostrando, assim, o aumento do custo de vida para a população. O indicador é divulgado mensalmente e é considerado o índice oficial de inflação do país.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment