PM vai a bairros boêmios pedir para motoristas não beberem

Sábado à noite. Uma turma se reúne em um bar na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo. O garçom chega com a garrafa de cerveja na mão e, de repente, um policial se aproxima da mesa.
O objetivo dele é convencer os motoristas do grupo a desistirem de beber.

A cena aconteceu no último sábado, quando a Folha acompanhou a abordagem do primeiro batalhão de trânsito da Polícia Militar na região da Vila Madalena, em uma ação educativa contra a direção sob efeito de álcool.

A campanha faz parte da Semana Nacional de Trânsito organizada pelo Denatran, cujo lema é “Preserve a vida, não exceda a velocidade”.

Os policiais militares, após autorização dos donos de bares e restaurantes na região, entraram nos estabelecimentos, afixaram cartazes e distribuíram panfletos sobre as regras de trânsito e os perigos da combinação entre bebidas alcoólicas e volante.

Além disso, disponibilizaram o bafômetro para os clientes testarem seu nível alcoólico. “Há uma curiosidade da população em relação ao bafômetro. Tem gente que tem medo do aparelho. Acha que dá choque”, disse o Tenente Silva Neto.

De acordo com ele, houve uma redução de 7,5% dos acidentes fatais no período que vai de janeiro a julho desse ano, em relação ao mesmo período de 2011.

Daniela Nogueira, 36, estava em um dos bares da região e foi abordada por um policial em sua mesa. “Achei que eles foram bastante simpáticos e falaram bem. Mas não consigo crer que adultos bebendo mudarão sua postura após cinco minutos de conversa com o guarda”, disse.

Seu amigo, Douglas Matias, 31, viu a ação de forma diversa: “Eu achei que a abordagem acaba humanizando os policiais. Quando você é abordado por um policial, fica receoso e até mesmo com medo. Aqui eles foram mais calorosos.”

Já Andreia Vieira de Souza, 41, dona de um dos bares da região, criticou o fato da conscientização ser feita por policiais militares. “A função deles é policiar, e não educar”, afirmou.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment