Número de desempregados na Espanha chega a quase 5 milhões

O número de desempregados na Espanha chegou a quase 5 milhões em novembro, após uma alta de 1,54% em relação a outubro, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Ministério do Emprego e da Previdência Social.

O relatório da instituição aponta que havia 4.907.817 desocupados no país no mês passado, 74.296 pessoas a mais que em outubro. Em relação a novembro do ano passado, o desemprego aumentou em 487.355 pessoas (11,02%).

Estes são os piores dados desde novembro de 2008, quando o balanço negativo subiu em 171.243 pessoas, a pior marca da série histórica iniciada em 1997.

O principal setor a puxar a alta foi o de serviços, com 2,12%, seguido de agricultura (3,12%), que tem menor peso, e indústria (0,87%). Os dados só foram positivos para o setor de construção, que somou mais 2.271 pessoas (0,3%).

Por gêneros, o desemprego aumentou em 0,98% entre os homens e em 2,08% entre as mulheres. Por idades, subiu 0,21% entre os menores de 25 anos e 1,73% entre as pessoas mais velhas.

UM QUARTO

Os números confirmam a tendência de alta mostrada na taxa do Instituto Nacional de Estatísticas. Divulgado em outubro, o percentual de desempregados chegou a 25,02% no terceiro trimestre, sendo mais de 52% para jovens entre 16 e 24 anos.

Apesar da contínua alta, o governo ainda mantém a meta de 24,6% para o fim do ano, e uma queda para 23,3% em 2012.

O anúncio é feito um dia depois de a União Europeia autorizar um resgate de US$ 39,5 bilhões aos bancos espanhóis, um dos principais afetados pelo desemprego e a crise da dívida pública.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment