Justiça multa movimento caminhoneiro em R$ 6 milhões por fechar estradas

A Justiça Federal no Rio de Janeiro multou na terça-feira (2) o MUBC (Movimento União Brasil Caminhoneiro) em R$ 6,3 milhões pelo bloqueio de rodovias federais em diversos Estados.

A juíza Fabíola Utzig Haselof também determinou a penhora dos bens da entidade e de seu presidente, Nélio Botelho. Os réus ainda podem recorrer.

As manifestações que culminaram com o fechamento de estradas começaram na manhã de segunda-feira (1º) e atingiram nove Estados e dezenas de rodovias do país.

A multa por hora de bloqueio das vias era de R$ 10 mil, mas a juíza optou por aumentar o valor para R$ 100 mil, uma vez que o MUBC não cumpriu liminar que impedia o fechamento das estradas.

Procurado, o MUBC não se manifestou até a publicação da reportagem.

Nove Estados

Os protestos de caminhoneiros deixaram rodovias bloqueadas em pelo menos sete Estados na terça-feira (2): Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina, houve manifestações, mas elas não bloquearam o tráfego, pois os motoristas estão no acostamento das rodovias.

Em São Paulo, um dos bloqueios que até então vinha sendo um dos mais longos foi encerrado durante a manhã.

As manifestações começaram na segunda-feira (1º) e muitas estradas foram bloqueadas desde então. Os motoristas permitem a passagem apenas de ônibus e carros, retendo os caminhões.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment