Inflação cede na China e anima mercados mundiais

A notícia que anima os mercados é que a inflação na China cedeu. As bolsas da Ásia fecharam em alta, e na Europa abriram positivas também. Isso não quer dizer muita coisa, porque os mercados oscilam muito. Os investidores acreditam que essa queda da inflação chinesa leve o governo a criar pacotes de estimulo à economia – aumentar o crédito, pôr dinheiro na roda.

A inflação anual na China continuou caindo em junho. O índice de preços ao consumidor ficou abaixo do índice de maio. É o menor nível de inflação desde janeiro de 2010. O setor de alimentação foi o que teve a maior queda.

A China fixou como meta manter este ano a inflação abaixo dos 4%. O governo enfrenta atualmente uma desaceleração do crescimento, que deve ser confirmada na sexta-feira (10), quando vai ser anunciado o resultado do PIB, o Produto Interno Bruto, do segundo trimestre.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment