Ganso vira raridade, retorna pela 3ª vez no ano e coloca DM do Santos à prova

Paulo Henrique Ganso está pela terceira vez de volta ao Santos na temporada. O meia, que participou de apenas 38% dos jogos do clube no ano, cumpriu recuperação de uma lesão na coxa esquerda em tempo bem acima do previsto inicialmente. Tudo para não causar a sensação de precipitação e deixar o departamento médico do clube sem a culpa em caso de novo problema muscular.

Nas outras duas vezes em que retornou após longos períodos afastado por conta de lesão, o meia engatou uma sequência de partidas, mas voltou a se machucar. Algo tratado como fatalidade pelos médicos do clube, mas que modificou a maneira do tratamento na terceira lesão.

Com o DM santista em xeque após a última lesão de Ganso, os médicos do clube passaram a ser orientados a não concederem entrevistas. Assim, previsões para retorno de jogadores são evitadas.

Ganso completa nesta sexta-feira o 60º dia sem jogar – a lesão na coxa esquerda aconteceu no amistoso entre Brasil e Gana, no dia 5 de setembro. Já são 15 dias a mais do tempo previsto para retorno. Neste período, intensos trabalhos físicos foram realizados. A expectativa é de que ele se livre definitivamente de problemas musculares.

Por UOL,
Paulo Henrique Ganso retorna contra o Vasco, domingo, às 17h, na Vila Belmiro, pela 33ª rodada, mas já foi avisado que ainda será preservado até o final do Brasileiro. Todo o trabalho com o jogador é voltado para a disputa do Mundial de Clubes em dezembro.

Na temporada, Ganso realizou 26, dos 69 jogos do Santos. Muitas participações ocorreram em duelos decisivos do Paulista e da Libertadores, o que impossibilitava o meia de ser poupado. No Brasileiro, o meia fez apenas dez exibições antes de voltar a se lesionar.

O terceiro retorno do ano está recheado de expectativas. E no Santos, todos esperam que desta vez ele seja definitivo.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by admin

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment