FIVB confirma, e seleção de vôlei voltará a atuar em estádio de futebol após 29 anos

Vinte e nove anos depois, a seleção brasileira masculina de vôlei voltará a jogar em um estádio de futebol. Em junho, pela Liga Mundial, a equipe comandada por Bernardinho enfrentará a Polônia no Estádio Nacional de Varsóvia, no país europeu. Em entrevista exclusiva, Ary Graça, presidente da FIVB (Federação Internacional de Vôlei), garantiu que tudo já está acertado.

“Já está tudo certo, Brasil e Polônia vão jogar em um estádio mesmo. Vejo isto como um fator extremamente positivo. O vôlei é o primeiro esporte da Polônia, e eles certamente vão lotar os lugares disponíveis. O amor pelo voleibol lá é absurdo, e vai ser uma festa bonita. É algo para ajudar na promoção do esporte e é muito positivo”, afirmou o dirigente, licenciado do cargo de presidente da CBV.

A última vez em que o Brasil atuou em um estádio foi em 1984, em uma partida amistosa contra os Estados Unidos, no Morumbi, em São Paulo. Na ocasião, incentivado por um grande público, os brasileiros venceram por 3 a 0 em uma espécie de revanche da final dos Jogos Olímpicos de Los Angeles, naquele mesmo ano.

Um ano antes, o Maracanã, no Rio de Janeiro, foi o responsável pelo maior público da história em uma partida de vôlei e também por um jogo épico. Naquela noite, quase 96 mil pessoas acompanharam a vitória brasileira por 3 sets a 1 sobre a União Soviética, em partida disputada debaixo de uma forte chuva. Por causa da água, um carpete foi improvisado para evitar escorregões e quedas dos jogadores.

“Em 1983 nós fizemos uma festa muito bonita no Maracanã, tinha muita gente. Agora, os estádios não comportam tanta gente quanto antigamente, por causa das cadeiras, etc. Vai diminuir um pouco a capacidade, mas vai estar lotado com toda certeza”, completou Ary. Na ocasião, o vôlei ainda estava longe de ser considerado um sucesso no Brasil, e começava a ‘engatinhar’, especialmente após a prata no Mundial da Argentina, em 1982, e, posteriormente, com a prata na Olimpíada.

A expectativa é que um público de pouco menos de 60 mil pessoas esteja presente no Estádio Nacional de Varsóvia, inaugurado recentemente para a disputa da da Eurocopa, em 2012. O campo foi palco da semifinal entre Itália e Alemanha, em junho do ano passado.

Atuais campeões da Liga Mundial, os poloneses demonstraram vontade de duelar com o Brasil em um estádio de futebol em dezembro do ano passado. Na ocasião, membros da comissão técnica estiveram em Varsóvia ao lado de dirigentes da FIVB para uma primeira vistoria, que agradou bastante.

Em breve, uma nova vistoria deverá ser feita apenas para definir os ajustes que terão de ser feitos na estrutura para receber uma partida de outra modalidade. Ary Graça, porém, já adianta que, de fato, as condições não são as ideais, principalmente pelo fato de o estádio não ser coberto.

“Não é o ideal, mas é muito bonito. Não é fechado, então corre-se o risco de uma chuva. Mas acho que isso não impediria a realização da partida. Em 83, no Maracanã, o jogo foi debaixo de muita chuva e foi um espetáculo”, finalizou o presidente da entidade. Ary, porém, não soube responder se o Estádio Nacional receberá as duas partidas entre as equipes na Polônia, ou apenas uma. Questionada por e-mail, a assessoria de imprensa da FIVB não respondeu até a publicação desta matéria.

Na Polônia, o vôlei supera até mesmo o futebol em termos de preferência da população. Por isso, os dirigentes do vôlei querem agradar às pessoas e colocar um grande evento à disposição de quase 60 mil pessoas. O recorde de público em uma partida da modalidade, porém, certamente não será batido.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment