Efeitos de leite adulterado podem surgir a longo prazo, diz ministério

O Ministério da Agricultura diz que quem bebe leite adulterado não passa mal na hora –os malefícios surgem a longo prazo.

Cinco empresas que realizavam transporte de leite no Rio Grande do Sul são suspeitas de adicionar a substância antes de realizar a entrega à indústria. Ao todo, foi encontrada presença de formol em lotes específicos das marcas Italac, Líder, Mumu e Latvida.

Para o clínico-geral Paulo Olzon, da Unifesp, a toxicidade está no formaldeído da ureia –o mesmo que conserva cadáveres.

A substância pode provocar danos no aparelho gastrointestinal e a exposição frequente tem efeito cancerígeno. O Instituto Nacional de Câncer afirma que não há níveis seguros de exposição ao formol, associado ao câncer de nasofaringe e leucemia.

Segundo Alexandre Campos, do ministério, existe o risco à segurança do consumidor. “Ele compra leite, não compra água com ureia”, diz. (MARIANA LENHARO E FILIPE COUTINHO)

Editoria de arte/Folhapress
 Efeitos de leite adulterado podem surgir a longo prazo, diz ministério

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment