Djokovic erra na hora decisiva, e Nadal alcança o recorde de sete títulos em Roland Garros

Quando a chuva interrompeu a final de Roland Garros no domingo, Rafael Nadal já vencia por 2 sets a 1. Mas a pausa de uma noite foi boa para o espanhol, que voltou com tudo para reverter a vantagem que Novak Djokovic tinha no quarto set e assegurar a vitória histórica no saibro de Paris, com 3 sets a 1 e parciais de 6-4, 6-3, 2-6 e 7-5.

Logo em seu primeiro match-point, Nadal foi beneficiado por uma dupla falta de Djokovic. O sérvio só havia cometido esse erro três vezes ao longo da partida, contra quatro do espanhol. A falha do número 1 do mundo encerrou a partida após 3h49 de disputa.

Com o seu sétimo título em oito participações no Grand Slam francês, Nadal ultrapassou a marca do sueco Bjorn Borg, que até então dividia com ele o posto de maior campeão de Roland Garros. O espanhol ostenta a marca de 52 vitórias e apenas uma derrota no torneio.

Djokovic foi o único que conseguiu tirar um set de Nadal no campeonato, quando conseguiu neutralizar o saque aberto do espanhol, uma de suas principais armas. Mas, de domingo para segunda, seu jogo esfriou e o heptacampeão evidenciou sua superioridade no saibro. Foi a terceira derrota seguida de Djokovic para Nadal em finais na terra batida, depois de Monte Carlo e Roma.

O encontro na decisão em Roland Garros aconteceu seis anos após o primeiro duelo entre os dois pelo circuito profissional, que foi justamente em Paris, nas quartas de final em 2006 e terminou com vitória do espanhol.

Mesmo contra o número um do mundo, Nadal entrou em quadra com o status de favorito. Confiante, o número dois do mundo começou ligado e, com duas quebras, abriu 3 a 0. Na sequência, Djokovic justificou a expectativa de um grande jogo ao empatar em 3 a 3. Porém, Nadal não se abalou e foi rápido na resposta, voltando a ter vantagem para depois confirmar seus serviços e fechar o 1º set em 6 a 4.

O início do 2º parecia replay. Com dificuldade de encaixar o seu jogo e sem conseguir dificultar as ações de Nadal, Djokovic se irritou após ter o saque quebrado no sétimo game e quebrou o seu próprio banco. O sérvio deu uma raquetada em sua cadeira e arrebentou a proteção, recebendo vaias da torcida.

Após o “mini ataque de fúria”, Nadal confirmou a vantagem e fez 5 a 3 antes do jogo ser paralisado pela chuva. Na volta, Nadal não perdeu o ritmo e, com mais uma quebra, fechou o set em 6 a 3.

No terceiro set, Djokovic passou a atacar o saque aberto de Nadal e, finalmente, impôs ao espanhol seu primeiro set perdido no torneio. Mesmo depois de sair perdendo por 2 a 0, o sérvio ganhou seis games seguidos e voltou para o jogo. Continuou em alto ritmo no começo do quarto set e tinha uma quebra de vantagem quando o jogo foi adiado para o dia seguinte.

O recomeço da partida na segunda-feira teve um Djokovic ainda se aquecendo contra um Nadal mais concentrado, correndo atrás de todas as bolas. Assim, o espanhol logo devolveu a quebra de saque e igualou o quarto set. Com 6 a 5 a favor, Nadal pressionou na hora certa, e o sérvio cometeu uma dupla falta logo no primeiro match-point do adversário. O espanhol então quebrou o serviço para fechar a parcial em 7 a 5 e o jogo em 3 a 1.

FATOS DA DECISÃO

- Com 27 vitórias seguidas em Grand Slam antes de perder para Nadal, Djokovic perdeu a chance de ganhar quatro Majors seguidos e igualar o feito de Rod Laver em 1969.

- Nadal se manteve invicto em finais de Roland Garros e quebrou um recorde ao ganhar seu sétimo título em Paris, ultrapassando Bjorn Borg e igualando o sueco em números de Grand Slam.

- No confronto direto com Djokovic, Nadal chegou a 19 vitórias, contra 14 do sérvio, que segue como número 1 do mundo após a derrota.

NÚMEROS DO JOGO

  • 4

    duplas faltas foram cometidas por Djokovic ao longo do jogo, mesmo número de Nadal. Em uma delas, o sérvio entregou o jogo para o espanhol.
  • 29

    erros não forçados cometeu Nadal, contra 53 de Djokovic
  • 23

    pontos foram ganhos por Djokovic na rede, contra apenas oito de Nadal

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment