Bem equipado, Hyundai HB20 chega partindo de R$ 31.995

A Hyundai do Brasil lançou nesta quarta-feira (12), em Comandatuba (BA), o HB20, seu primeiro carro “popular” no país e o primeiro fabricado em solo nacional do começo ao fim. A versão 1.0 Comfort custará R$ 31.995 (os preços das demais versões e o que incluem serão divulgados nesta quinta-feira, 13). A fábrica de Piracicaba começa as atividades neste mês e o hatch deverá chegar às lojas em outubro, a tempo de ser a principal atração no estande da montadora durante o Salão de São Paulo, que ocorre no fim daquele mês.

“[Carro] ‘Pelado’ não combina com a Hyundai”, diz o gerente de produto da marca, Rodolfo Stopa, fazendo menção à lista de equipamentos, composta, desde o modelo de série, por ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo, computador de bordo, ajuste de altura para o banco do motorista, faróis com máscara negra e spoiler.

O hatch chega com os motores 1.0 12 válvulas, de 3 cilindros, 80 cv e 10,2 kgfm de torque, e 1.6 16V, com 128 cv e 16,5 kgfm de torque. Ambos são bicombustíveis, construídos em alumínio e com comando de válvulas variável. O propulsor de maior capacidade é o mesmo bloco que há sob o capô do Kia Soul e do Kia Cerato, enquanto o 1.0 é o mesmo doKia Picanto.

Em julho, a Hyundai revelou que a meta é vender 25 mil unidades do HB20 até o fim do ano. Haverá pré-venda logo no começo de outubro, com o carro já à mostra nas lojas. A montadora sul-coreana acredita que a versão 1.6 deverá ter mais saída, baseando-se na constante queda da participação de motores 1.0 no mercado, vista nos últimos anos.

O fruto brasileiro, desenhado na Coreia do Sul, foi sendo revelado aos poucos. Primeiro a montadora anunciou a fábrica e começou-se a ouvir falar do “projeto HB”, de Hyundai Brasil. Ele daria origem a um hatch, um sedã e a um tipo de “utilitário”, disse a montadora, em março. Naquele mês, o internauta Diego Bezerra de França enviou ao VC no AutoEsporte as fotos do flagra do hatch rodando em João Pessoa.

Em julho, as portas da fábrica foram abertas para uma breve visita da imprensa. Foi possível andar no carro já em sua versão final, mas ainda escondido sobre lonas, percorrendo um pequeno e plano circuito dentro da fábrica. Não foi permitido fotografar o interior (leia impressões).

Na mesma ocasião, a Hyundai anunciou o nome HB20, sendo o número referente à plataforma da qual o carro é originário, e divulgou as primeiras fotos do modelo, os chamados teasers, mostrando apenas algumas partes que anunciavam que o carro de entrada teria, sim, as linhas que fizeram a fama da empresa no Brasil.

A Hyundai diz que o automóvel foi criado a partir do “futuro i20″, que ainda não foi lançado e se volta ao mercado europeu. Mas o HB20, diz a empresa, é um carro totalmente voltado para o consumidor brasileiro -apesar de ter sido inteiramente projetado na Coreia do Sul.

A empresa diz que focou na resistência do carro, pensando nas condições de pavimentos do país, e o pacote de opcionais também foi pensado para o público nacional. Apesar de anunciar que haverá airbag duplo de série, freios ABS deverão ser serão opcionais – por enquanto, já que esses itens de segurança serão obrigatórios nos carros fabricados a partir de 2014.

No Salão, além do hatch, a Hyundai exibirá um protótipo do “SUV looking”, que nada mais é do que a versão “cross” do HB20. Ela deverá ser produzida somente em 2013, juntamente com um sedã.

Para esquentar a briga
Apesar de o segmento de carros de entrada ser bastante concorrido, a empresa mirou principalmente no Volkswagen Gol, o carro mais vendido no país há 25 anos. Foi ele o automóvel citado quando em julho, quando os executivos foram questionados sobre em qual faixa de preço, entre as dos concorrentes, o HB20 se encaixaria. O Gol, que acaba de passar por uma reestilização, é vendido a partir de R$ 27.990.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment