Bandeira Olímpica fica guardada em caixa, é intocável e recebe tratamento de relíquia

A Bandeira Olímpica chegou ao Rio na segunda-feira com tratamento digno de uma relíquia. O símbolo da transição da Olimpíada de uma cidade para outra veio guardado em uma caixa de madeira especial, não pode ser tocado e será vigiado por guardas municipais.

A bandeira foi confeccionada em 1988, para os Jogos Olímpicos de Seul, na Coréia do Sul. É feita de seda, e tem 2,22 metros de largura e 1,54 metros de altura. No centro, traz os anéis olímpicos estampados sob um fundo branco. Nas suas bordas, têm franjas vermelhas, verdes, amarelas, azuis e pretas. Cada cor simboliza um continente.

Para que seja mantida intacta enquanto passa de uma cidade olímpica para outra, ela é transportada em uma caixa feita sob medida. Essa caixa, fica protegida por um saco de veludo cor de vinho, que só é retirado quando a bandeira vai ser exposta.

Para a exposição, também há regras. De acordo com o prefeito Eduardo Paes, a flâmula não pode ser tocadas com as mãos. Só é permitido o manuseio dela com uso de luvas ou então quando ela é hasteada. Com o mastro, ninguém põe a mão diretamente no símbolo olímpico.

Os cuidados com a bandeira são tantos que Paes recebeu orientações diretas do Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre eles antes da festa de encerramento da Olimpíada de Londres, no domingo. Foi na cerimônia que o prefeito recebeu a bandeira. De lá, ele a trouxe ao Rio de Janeiro.

Nesta terça, na mesma caixa de madeira em que chegou ao Rio, a Bandeira Olímpica será levada a Brasília. Lá, será apresentada à presidente Dilma Rousseff.

Na quarta, a bandeira será mostrada à população do Rio de Janeiro. Passará pela Praça do Conhecimento, no Complexo do Alemão; pela Praça do Canhão, em Realengo; e depois seguirá para o Palácio da Cidade, em Botafogo, Zona Sul do Rio.

A Bandeira Olímpica ficará no palácio temporariamente, guardada por guardas nomeados diretamente por Paes para a missão. Sairá do local quando um pavilhão olímpico que está sendo construído ao lado da Prefeitura do Rio de Janeiro ficar pronto.

Será nesse pavilhão, em uma área especialmente destinada a ela, que a bandeira ficará até agosto de 2016. Depois, encerrados os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ela segue para o próxima-sede do evento, que ainda está indefinida.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment