Após incêndio em ônibus, linhas da zona sul de São Paulo param

Motoristas e cobradores de 24 linhas de ônibus pararam as operações na madrugada desta sexta-feira após um veículo da empresa Cidade Dutra ser incendiado por criminosos na zona sul de São Paulo. O cobrador do veículo atacado ficou ferido e permanece internado em estado grave.

Segundo a SPTrans (estatal municipal que gerencia o transporte coletivo), os funcionários da empresa ficaram parados até por volta das 5h30, quando eles começaram a deixar a garagem. Por volta das 7h10, o serviço ainda estava em processo de normalização.

A empresa faz parte do consórcio Via Sul, que atende 40 linhas da região, sendo que a empresa Cidade Dutra é responsável por 24 dessas linhas, com ônibus biarticulados. Com a paralisação, a SPTrans acionou o sistema Paese (sistema emergencial de ônibus), com ônibus extras para atender 21 desses itinerários.

ATAQUE

O ataque ao ônibus da empresa Cidade Dutra ocorreu por volta das 22h de ontem, quando ao menos oito homens deram sinal de parada para o veículo em um ponto da avenida Senador Teotônio Vilela.

Um dos criminosos apontou uma arma para o motorista e obrigou todos a descerem. Em seguida, o grupo colocou fogo no ônibus e fugiu. O coletivo ficou destruído.

VIOLÊNCIA

Essa já é a terceira semana em que são registrados diversos crimes durante a noite na região metropolitana. Na maior parte dos casos, os criminosos estavam em motos ou carros quando atiraram em pessoas que passavam pela rua. Também há registro de outros casos de ataques a ônibus.

Entre a noite de ontem e a madrugada desta sexta-feira foram registrados uma chacina –com quatro mortos–, sete assassinatos, além de sete baleados na Grande São Paulo.

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment