Após duas etapas, F-1 vê crise na Red Bull e inversão de papeis na Ferrari

Foram necessárias apenas duas etapas da temporada 2013 para a atual tricampeã da Fórmula 1, tanto nos construtores como nos pilotos, ver sua primeira crise. Domingo, no GP da Malásia, a dobradinha da Red Bull teve sabor de “arroz queimado”.

Isso porque o tricampeão mundial Sebastian Vettel desrespeitou uma ordem da equipe para que não ultrapassasse o companheiro Mark Webber, que liderava a prova, mas estava em ritmo mais lento para administrar a corrida. Confiava no jogo de equipe pedido pelos chefes da escuderia austríaca.

Mas o alemão ignorou a ordem, pisou no acelerador e, após uma disputa acirrada pela ponta, levou a melhor sobre seu companheiro de equipe.  O clima ficou péssimo entre os companheiros. Nem um dos dois comemorou a dobradinha no pódio.

Webber esbravejou. “Depois da última parada, a equipe me disse que a corrida tinha acabado e nós baixamos [o ritmo] para chegar ao final. Quero disputar também, mas no final ao equipe tomou uma decisão que nós sempre dizemos antes da corrida que é como provavelmente as coisas serão: cuidamos dos pneus e levamos os carros até o final”, falou.

“Deveríamos ter permanecido nas posições que estávamos. Eu não ignorei a ordem da equipe de propósito, mas fiz besteira. Assumi a liderança de Mark, e posso ver que está chateado com isso. Quero ser honesto, me ater à verdade e pedir desculpas. Fui a ovelha negra e devo uma explicação a Mark e à equipe”, explicou o alemão.

O fato ofusca não só a dobradinha, mas também a liderança de Vettel na classificação entre os pilotos e da própria escuderia austríaca entre os construtores.

Webber parece que não vai engolir tão fácil e já abriu uma ferida no time ao dizer que o fato não terá consequências internas. “No final, Seb[apelido de Vettel] tomou um decisão sozinho e será protegido como sempre, e assim que são as coisas.”

Se a Red Bull vê uma crise inesperada para um líder, sua principal concorrente  nos últimos anos vê um momento atípico no começo da temporada. Fernando Alonso, intocável na condição de primeiro piloto, tem início de temporada pior que o do companheiro Felipe Massa.

Após as duas etapas da temporada, Massa está à frente na classificação, com 22 pontos, contra 18. É o quinto na tabela, uma posição acima do que Alonso. Se não bastasse, foi mais rápido do que o companheiro e largou na frente tanto na Austrália como na Malásia.

Massa largou em segundo no domingo, mas acabou em quinto. Ainda assim foi motivo para comemorar. Perdeu posições logo no começo pela pista molhada. “Em condições como esta, chegar ao final é importante. E conseguimos marcar alguns pontos importantes.”

Loading...
Related Video
 

About the author

More posts by carol

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment