Advogado de Edmundo: ‘Não faço ideia de como ele chegará ao Rio’

edmundo 300x185 Advogado de Edmundo: Não faço ideia de como ele chegará ao RioRio – Arthur Lavigne, advogado de Edmundo, afirmou nesta quinta-feira que ainda não sabe como o ex-jogador chegará ao Rio. O animal está em São Paulo após ser preso durante a madrugada.”Não faço ideia de como o Edmundo será transferido para o Rio”, disse Arthur Lavigne.

O ex-jogador e atual comentarista esportivo Edmundo, que estava foragido após ter um mandado de prisão expedido no Rio de Janeiro foi encontrado e preso em um flat na Rua Amauri, Zona Oeste de São Paulo, após uma denúncia anônima. Ele foi encaminhado para a 3ª Delegacia Seccional, em Pinheiros.

Ainda durante a madrugada o jogador prestou depoimento ao delegado Eduardo Castanheira – terminou por volta de 4h30 – e realizou exames de corpo de delito. Ele será mantido em uma carceragem da delegacia de Pinheiros até a chegada de policiais civis da Polinter, que têm a missão de conduzir o jogador de volta para o Rio de Janeiro.

Edmundo foi preso após denúncia anônima e em um flat em São Paulo. O ex-jogador estava dormindo quando os agentes chegara, não resistiu e seguiu com eles até Pinheiros. Até a manhã desta quinta-feira, o Animal só havia comido um chocolate, levado à DP por um advogado paulista.

O advogado de Edmundo, Arthur Lavigne, informou que ainda não entrou com o pedido de habeas corpus por ter tomado conhecimento da processo apenas na quarta-feira. Ele disse que entrará com o dispositivo no início da tarde de hoje.

“Vou entrar com o habeas corpus no início da tarde. Vai ser um procedimento rápido e acredito que não terei problemas para conseguir liberá-lo”, completou o advogado.

Na tarde de quarta-feira, 12 agentes da Polícia Civil estiveram em quatro endereços registrados em nome de Edmundo no Rio, mas ele não foi localizado. As buscas chegaram a ser interrompidas temprariamente, segundo o delegado da Divisão de Homícidios, Rafael Willis.

Em um dos endereços, foi encontrada a mulher de Edmundo que afirmou não saber onde o ex-craque tinha ido depois de passar pelo local ainda pela manhã.

Relembre o caso

Na madrugada do dia 02 de dezembro de 1995, Edmundo e alguns amigos seguiram para a boate Sweet Home, na Lagoa, Zona Sul, onde encontraram Joana Martins Couto, 16, e sua amiga Déborah Ferreira da Silva, então com 21 anos. Como Joana não pode entrar na boate, seguiu com Edmundo até o bar El Turfe, na Gávea. Na esquina da avenida Borges de Medeiros com a rua Batista da Costa, na Lagoa, o Cherokee do atacante se chocou com o Fiat Uno cinza dirigido por Carlos Frederico Pontes, 24.

O carro de Edmundo capotou várias vezes e ficou com as rodas para o ar, enquanto o Fiat foi jogado a uma distância de 30 metros e colidiu com um poste. Carlos Frederico morreu na hora. A namorada dele, Alessandra Cristina Perrota, 20, e Joana morreram algumas horas depois, no hospital Miguel Couto.

Na ocasião, Déborah quebrou a bacia, a quinta vértebra da coluna e quase ficou paraplégica. Além das duas amigas, também estavam no carro do ex-jogador o empresário Marckson Gil Pontes, 31, e a estudante Roberta Campos, 19. Os dois ficaram levemente feridos, assim como Natasha Marinho Ketse, 19, que estava no Fiat Uno.

Treinamento PMP, PMP, PMI, Cursos, Curso SAP, Cobit, Itil, Iphone, Ipad, PMI 4 Edicao, Treinamento, Gerenciamento de Projetos, Pmi Pmbok, Certificação PMP, Projeto PMI, Curso PMP, Treinamento Funcional

Loading...
Related Video

Tags:

 

About the author

More posts by admin

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment